Afonso Salcedo (Dreamworks, Pixar)

Data: 
Segunda 25/Fevereiro 14:00

Roads. Frames. Dots. A talk in three acts.

De todas as diferentes estradas viajadas, os obstáculos que encaramos, os engarrafamentos em que nos metemos e ainda os acidentes com que temos de lidar, tudo acontece para definir a tua carreira, o teu sucesso, a maneira como vês as coisas e a maneira como aprendes. Parte de ser um artista visual, de trabalhar com frames, imagens – paradas ou em movimento – é precisamente o que aprendes durante a vida, o que observas, o que vês, e claro, a história que queres contar às outras pessoas.

Vamos falar sobre o que faz uma imagem, o que conta uma história, o que guia o olho, onde está a emoção, o sentimento e como se traduz tudo isso numa imagem, em cor, em luz. Destas duas primeiras partes da palestra, concluímos que, apesar de toda a linearidade do tempo em si e conforme vais crescendo, deves mesmo fazer um esforço para te afastar e focar-te apenas no essencial. Porque a vida torna-se muito mais divertida quando aprendes a vê-la de uma maneira não-linear.

Biografia: 

Afonso Salcedo tem feito fotografia desde criança e tem sempre tido uma enorme paixão por filmes e por contar histórias através de imagens. Começou a trabalhar na indústria de filmes em Londres, na Framestore, onde trabalhou como Director Técnico júnior em filmes como o “Harry Potter 3” e “Troy”.

Voltou a São Francisco, onde nasceu, depois de estar seis anos no Reino Unido, para trabalhar na Pixar Animation Studios durante sete anos, trabalhando em alguns dos mais aclamados filmes. Terminou recentemente o seu trabalho na DreamWorks Animation como um artista sénior.

Afonso foi também o criador e co-director do filme “It Gets Better ... Love, Pixar” juntamente com uma equipa de trabalhadores imensamente talentosos, para criar uma das curta-metragens mais bem recebidas na campanha “It Gets Better” com mais de 1.4 milhões de visualizações no YouTube.

Criar uma imagem que toca as pessoas, conta uma história, um estado de espírito, uma emoção, é o que o guia aos filmes e fotografia. Com a paixão cinematográfica, e um grau de perfeccionismo e atenção ao detalhes imensos, Afonso esforça-se por fazer algo visual que inspire os espectadores e se conecte com eles de maneiras inesperadas.

Afonso Salcedo abriu agora a sua própria empresa, Sutro Studios (http://sutrostudios.com), com sede em São Francisco, e está a trabalhar em diversos projectos, incluindo o seu primeiro documentário. Ele sente que não tem qualquer ideia do que está a fazer e assim adora cada minuto.